Postagens Recentes

Amamentar incomoda muita gente

By 10:00 , , , ,



O post de hoje é uma homenagem àquelas mães que já passaram por constrangimentos por amamentarem seus filhos, seja no seio, seja na mamadeira.
Atire a primeira fralda a mãe que amamenta um bebe maior de seis meses no seio e nunca recebeu um olhar de reprovação, ou aquela mãe que oferece mamadeira à um bebe recém-nascido e nunca recebeu um daqueles olhares de “coitadinha”.

É natural do ser humano julgar as opiniões e atitudes dos outros, alguns tem tato e fazem isso de forma delicada, tentando se colocar no lugar do outro e compreender seus motivos para então formular sua opinião, muitos entretanto julgam de forma aleatória, com base em um senso comum, sem compreender a individualidade das pessoas.
Eu, que sou super a favor da amamentação, já passei pelas mais diversas situações constrangedoras, já fui muito julgada por amamentar meu filho (hoje com 1 ano e 3 meses), houve situações até, onde foi impossível não ser indelicada. Imagino, então aquelas mães que, infelizmente, não puderam amamentar seus filhos, seja lá qual for o motivo e recebem inúmeros olhares cada vez que sacam a mamadeira de dentro da bolsa.
Essa situação de julgamento é presente e frequente em toda a gestação e maternidade, a impressão que tenho, às vezes é que por mais que eu me esforce minhas escolhas jamais serão corretas, ou no mínimo respeitadas. Quando decidi que teria um parto normal o comentário mais dito era “você não vai aguentar”, quando decidi por não oferecer a chupeta ouvia o tempo todo “boba, ele vai fazer seu peito de chupeta”, quando decidi amamentar exclusivamente no seio ouvia sempre “ se você não der mamadeira ele nunca vai dormir a noite toda” e assim sucessivamente, em cada escolha minha havia alguém para fazer um comentário pejorativo, um comentário negativo e é assim para todas as mães, sejam elas cesariadas, tenham elas oferecido chupeta ou mamadeira, independente da escolha nada é o suficiente, nada basta.
Sempre que vejo alguma mãe em uma situação vulnerável, em dúvida com relação às suas escolhas, corro a lembrar ela: a experiência é importante sim, mas ela nunca teria surgido se alguém não tivesse experimentado, o melhor conselheiro da mãe é seu sexto sentido, a voz do seu coração, ouça ela e independente da sua escolha, estará fazendo seu melhor. Oriento sempre também a buscar as mais diversas alternativas para que se possa amamentar, o leite materno é essencial para o desenvolvimento do bebe, para sua saúde e também é uma chave importantíssima para o vínculo. Até mesmo bebes adotados, quando amamentados no seio têm um melhor desenvolvimento tanto intelectual, quanto físico.
Mas aí há de aparecer alguém e dizer “dei mamadeira para meu filho desde que chegamos do hospital e ele não é atrasado e tem a saúde ótima”. Que bom, perfeito para você e para seu filho, mas estudos, pesquisas, análises científicas apontam relevantes diferenças entre bebes amamentados com leite materno e bebes amamentados com fórmula, comemore seu filho é exceção.
Para mim amamentar ou não, não faz de ninguém uma mãe melhor ou pior, mas a amamentação é linda, é perfeita e natural, porque não amamentar quando se tem leite em demasia? Porque negar amor líquido à um bebe, quando muitas que desejam amamentar não podem ou não conseguem??

Enfim, por hoje é só, para saber mais curta nossa página no facebook. Beijos e até mais.


Você também vai gostar de:

0 comentários