Postagens Recentes

Preparação dos seios para a amamentação

By 08:41 , , ,


Logo quando engravidei minha maior dúvida era quanto a amamentação, lembro que gastava horas pensando “Meu Deus, como vou amamentar se nem tenho bico?”, pesquisei muito sobre a preparação dos seios para a amamentação e sempre morri de medo dos meus seios racharem ou do leite empedrar.
Numa das minhas consultas com o GO questionei ele sobre o assunto e logo veio uma lista de recomendações: tomar sol, usar bucha natural, passar pomada, usar concha, torcer o bico, etc. fiquei perdida com tanta informação e logo fui buscar uma ajuda “mais profunda”.
Entrei em um grupo do Facebook específico de amamentação e logo lancei a pergunta: é preciso algum tipo de preparação do seio para a amamentação? a resposta foi praticamente unânime: Não.

O SOL



Tomar sol nos seios não é algo indicado somente para gestantes, mas para todas as pessoas, homens e mulheres, a luz solar ajuda na produção da vitamina D , por esse mesmo motivo os pediatras indicam  o banho de sol nos bebes pela manhã, mas preste atenção: respeite os horários de exposição, evitando o sol no período das 10 da manhã às 16h e lembre-se que o sol deve incidir diretamente sobre a pele, através de vidros de janelas ou lençóis, por mais finos que sejam ele não penetra a pele e o efeito é nulo.

A  BUCHA



O uso diário da bucha natural não colabora em nada para a amamentação, pelo contrário, fragiliza a pele das mamas. Assim como não deve esfoliar o corpo ou o rosto todos os dias, o mesmo é recomendado para as mamas, essa esfoliação rotineira não só retira os resíduos de pele morta, como remove a oleosidade natural da pele que é o que concede à ela a proteção, por conta disso não é recomendado esfoliar nenhuma parte do corpo rotineiramente, apenas uma vez por semana para remover as impurezas profundas e a pele morta.

AS POMADAS



Muito se ouve falar sobre pomadas milagrosas que prometem preparar os seios para a amamentação, entretanto a única funcionalidade dessas pomadas é a de hidratar a região, hidratação essa que pode ser prejudicial. Imagine a pele do seu joelho, áspera e grosseira, por mais grossa que ela seja, se for feita uma hidratação contínua na região sua pele amaciará e afinará, entretanto se você cair e ralar o joelho o machucado será mais “feio” pois a pele é fina demais, não sendo assim resistente ao impacto, o mesmo ocorre com a pele dos seios, principalmente a auréola cuja pele já é naturalmente mais fina, se ela for hidratada constantemente amaciará e afinará, ficando assim mais frágil e suscetível à rachaduras no período de amamentação.

AS CONCHAS



O uso de conchas não é recomendado por alguns profissionais por conta da susceptibilidade à proliferação de fungos. É necessário compreender que o uso de conchas estimula o peito à liberar o leite, seja esse excedente ou não e esse se acumula na concha, que colocada por dentro do sutiã, em baixo de uma blusa cria um ambiente quente e úmido, ideal para a proliferação de fungos e bactérias que se desenvolvem no leite que está na concha, esse leite contamino, se entrar em contato dom o bico do seio da mulher pode fazer com que as bactérias entrem pelo canal mamário podendo causar infecções nas glândulas, prejudicando assim a amamentação.

O BICO



Torcer o bico do seio para que ele se torne protuberante é, além de uma prática dolorosa uma maneira de ferir o seio o que certamente prejudicará a amamentação. É preciso entender que toda mulher pode amamentar, tenha ela mamilo normal, comprido, invertido ou plano, o tipo do bico do seio não interfere na amamentação, pois ao mamar o bebe deverá abocanhar a maior parte da auréola e é essa posição da auréola com relação à boca do bebe que permite que ele faça a sucção.
Lembrem-se que durante a gestação a auréola do seio escurece e essa melanina que combinada com a proteção gordurosa natural da pele concederá a proteção necessária. É preciso também prestar muita atenção na pega correta do bebe, a boca dele deve estar estilo “peixinho”, ele precisa ter abocanhado a maior parte da auréola e a amamentação não dele fazer ruídos de “pressão” escapando, pois isso pode ser um indicativo de entrada excessiva de ar durante a amamentação o que pode levar o bebe a ter cólicas.

A AMAMENTAÇÃO AQUI EM CASA

Depois de descobrir que toda essa história de preparação do seio era balela sosseguei o facho e fiquei apenas tomando banho de sol nos seios às vezes (quando lembrava). Tenho o bico do seio plano e sempre ouvi de diversas pessoas que não conseguiria amamentar por conta disso, mas graças à Deus consegui amamentar meu bebe sem nenhum problema desde que ele nasceu, até agora 1 ano e 1 mês depois, não tive rachaduras, nem leite empedrado, nem nada do tipo, sempre que sentia meu seio excessivamente cheio oferecia ele para o Guilherme e se acaso ele não aceitasse eu ordenhava um pouco.


Enfim, por hoje é só pessoal, se quiserem saber mais sobre beleza, maternidade, casa, festas e vida à dois curtam nossa página no facebook. Beijos e até amanhã.

Você também vai gostar de:

0 comentários