Postagens Recentes

Sair ou não, eis a questão.

By 14:14 , , , , ,


"Meu namorado não me deixa sair com meus amigos, o que faço?"
Não foi exatamente dessa forma, mas durante uma conversa com uma amiga surgiu essa dúvida. O namorado dela não aceita que ela saia com amigos, em especial homens. Sempre que alguém convida, ele sugere um programa só para os dois, para que ela tenha que desmarcar.
Mas será que isso é certo?
Será que por estar num relacionamento você deve abdicar de todas as suas amizades, deve viver apenas para seu parceiro?
Por já ter visto esse tipo de coisa muitas vezes, sei que esse tipo de dúvida/problema é mais comum do que se imagina.
No meu relacionamento isso não é problema, mas lógico que eu não poderia dissertar sobre o assunto me baseando apenas na minha vivência, por isso resolvi perguntar a alguns casais conhecidos, com tempos variados de relacionamento, como eles agiriam diante dessa situação.
Um dos casais, namorados à 8 anos, morando juntos à dois, respondeu da seguinte forma:
"Mesmo que eu não goste de alguma amiga dele, e ele queira sair com ela, não proibiria. Deixaria bem claro que eu não gosto nem um pouco disso, mas não impediria. Proibir não é a solução. E o inverso seria a mesma coisa. Ele não me diria não, mas não significa que iria gostar. Já conversamos muitas vezes sobre o assunto, justamente para nunca te problemas, e nós dois ficamos bem com essa situação."
Já um segundo casal, juntos à 4 anos e casados à dois respondeu separadamente, da seguinte forma:
Ela: "Não sou ciumenta, e acho que o ciúme sufoca o relacionamento. Se meu marido quisesse sair para beber somente com amigas que eu conhecesse não veria problemas, mas ao contrário eu ficaria bastante irritada. Tudo tem limite, e o meu limite acaba ai, não conhecer a pessoa. Por mais que eu confie no meu marido, seria complicado aceitar esse tipo de situação."
Ele: "Se fosse pra ela sair com amigos ou colegas em comum, aceitaria numa boa. Sendo amigos ou colegas apenas dela, aceitaria desde que estivesse acompanhada por amigas ou pessoas que eu conheça e tenha confiança. Sendo que alguém que eu não conheça, não aceitaria. Meu problema não seria não confiar na minha mulher, mas sim não saber o que se passa na cabeça daqueles que estarão à sua volta, e não saber se estes terão como lhe prover a mesma atenção e segurança que eu proveria."

Mesmo com respostas distintas, a regra é praticamente a mesma.
E a mesma regra vale inclusive no meu relacionamento.
Eu e meu namorado convivemos com a regra de que ninguém é dono de ninguém. Isso não significa que você deva ir pra balada desacompanhado, beber todas pra nem lembrar o que fez no dia seguinte, mas também não quer dizer que não possa sair pra beber com amigos.
Viver junto, ter um companheiro é maravilhoso. Partilhar momentos, sair com seu parceiro... Mas em alguns momentos você precisa curtir só. Você tinha uma vida antes do parceiro, e só por estar com ele não significa que sua vida deva orbitar ao redor dele. É como a individualidade que citei no outro post, ser um casal significa se tornar um, mas sem anular a individualidade de cada.
E nada da história de que pessoas casadas não tem amigos. A sociedade caminhou pra vida em comunidade justamente porque o ser humano tem uma necessidade natural de estar em companhia de outros.

"Então quer dizer que eu devo simplesmente sair, queira meu namorado ou não?"
Não, não foi isso que eu quis dizer. Primeiro, vocês devem sentar e conversar, saber o que cada um sente a respeito disso, porque o melhor caminho é sempre a conversa. Precisam entender porque aquele que não aceita a situação se sente dessa forma. Vocês precisam confiar um no outro, porque a base de um relacionamento é a confiança, sempre.
Cada relacionamento é de um jeito, cada pessoa age e pensa de uma forma, mas algo universal é que ninguém é dono de ninguém. Se você passa por esse tipo de problema, converse com seu namorado/namorada. Exponha seu lado, suas vontades, ouça o dele/dela. Sabe aquela história que mãe sempre diz que todos devem ceder um pouco pra coisa funcionar? Pois é, é a mais pura verdade.
Espero ter ajudado alguns ai com esse post :)

Se ainda assim você tem alguma dúvida, tem alguma sugestão de post ou se quiser contar sua história, manda pra gente lá na page do facebook. Aproveita e curte, todo dia tem coisa nova por lá :)

Beijos, e até a próxima o/

Você também vai gostar de:

0 comentários