Postagens Recentes

Terrible two, tem jeito?

By 10:00 , , , ,


Imagine-se como uma criança de dois anos, pequena demais para fazer coisas que outras crianças fazem, mas grande demais para fazer coisas que bebes fazem. É assim que começam o famigerado Terrible Two, uma fase assustadora para muitos pais e complexa para muitas crianças.
A primeira coisa que é necessário compreender para que se passe por essa fase sem muitas atribulações é que a criança não faz de propósito e castiga-la fisicamente nunca é a solução. Essa fase é muito controversa para a criança, embora ela já saiba falar algumas palavras ainda não sabe como se expressar de forma que o adulto entenda claramente o que ela quer, então o choro acaba sendo como uma válvula de escape já que ele foi usado durante muito tempo como a forma mais fácil de chamar a atenção do adulto, outra coisa é que a criança ainda não tem maturidade para lidar com as frustrações da vida e por conta disso elas a afetam demais. Por isso o melhor remédio para essa fase tão desafiadora é a paciência.

QUANDO COMEÇA?

Por cada criança se desenvolver diferente das outras é impossível determinar uma data exata para o início dessa fase, assim como sua duração. Ela ocorre entre o primeiro e o terceiro ano, podendo se iniciar após o primeiro aniversário ou próximo ao terceiro, sua duração também é imprecisa, algumas mães contam que a fase durou anos, outras que durou apenas alguns meses.

DICAS PARA LIDAR COM O TERRIBLE TWO

  • Paciência. É essencial manter a calma e sempre lembrar que castigos não são a solução.
  • Compreensão. Tente entender que para a criança também é uma fase difícil, ela ainda não sabe lidar com os sentimentos de frustração.
  • Em caso de birra não tente acalmar e nem conversar com a criança, isso pode piorar a crise. Apenas observe até que ela termine, sempre se mantendo perto da criança e quando terminar converse com ela explicando que esse sentimento é a frustração e que chorar ou se jogar no chão não é o correto.
  • Não ceder aos desejos da criança. Mesmo sabendo que se você fizer o que ela quiser a birra irá passar é importante manter-se firme e não ceder.
  • Conte até dez. Mais uma vez, paciência, muita paciência.


O TERRIBLE TWO AQUI EM CASA

O terible two por aqui acabou de começar, Guilherme tem 1 ano e 1 mês e já faz escândalo por tudo, agora que ele aprendeu a subir e descer da cama e do sofá ele está um perigo, quer mexer nos quadros que ficam sobre a cama, na tomada atrás do sofá e etc. e quando digo que não pode o show se arma, é choro, grito, chutes e se jogar para trás. Geralmente quando ele faz isso tiro ele de perto do perigo, coloco no colchão no chão, sento com ele e fico esperando o xilique terminar, aí converso de mansinho explicando que não pode mexer na tomada porque faz um dodói muito grande, ou que se mexer no quadro ele vai cair, quebrar e a mamãe vai ficar triste. Muitas vezes perdi a paciência e até já chorei junto com ele de desespero, mas como de nada adiantou hoje tento manter a calma, contar até mil se for preciso e explicar tudo direitinho pra ele entender. E vamos com calma até a fase passar.

SE QUISER LER MAIS SOBRE TERRIBLE TWO

A fase dos “terrible two” (Blog Macetes de Mãe)
Terrible Two!?Corram para as colinas, fujam para as montanhas! (Blog Cientista Que Virou Mãe)


Por hoje é só pessoal, amanhã tem mais. Para acompanhar as novidades do blog curta nossa página no Facebook. Beijos e até amanhã.

Você também vai gostar de:

0 comentários