Postagens Recentes

Meu amigo, meu irmão, meu homi, meu tudo s2

By 10:42 , , , , , ,

Bom dia pessoas lindas <3
Tudo bem com vocês?


Hoje eu estava meio na dúvida sobre o que falar hoje... Quando me dei conta que faltava aqui alguns posts sobre relacionamento.
Resolvi ser um pouco redundante, e falar um pouco sobre companheirismo.
Eu já disse aqui, mais de uma vez, sobre o viver à dois, mas percebi que nunca é demais.
Por coisas que vi, e li, me dei conta de que tem faltado companheirismo nos relacionamentos.
Tem faltado aquela manha, aquele jeitinho de lidar com todas as situações.

Seja por falha dela, ou dele, muitas pessoas cresceram na ilusão de que estar junto é "grudar" no outro, quando não é bem assim que a banda toca.
Aprendi isso, aos poucos, com meu namorado, ou como eu o chamo, meu "homi".
Aliás, sendo bem sincera, aprendi na teoria há alguns muitos anos atrás, com um cara que admiro muito.
Ele me ensinou que todo relacionamento começa no respeito, adquire-se confiança, amizade, paixão e só então o amor.
Se faltar paixão, ou amor, ainda assim você tem amizade, respeito e confiança, a relação sobrevive, porque uma hora ou outra amor/paixão voltam.
Não existe relação duradoura sem os 3 primeiros. É como aquela história de que se você tem um amigo há 7 anos, ele será para a vida toda.
Porque amizades duram tanto?
Existe companheirismo, respeito, confiança.... Não evolui pra amor, mas todo o resto tá ali, e a amizade dura. Como é possível não acontecer o mesmo com um relacionamento amoroso?

Porque tem gente, que infelizmente, acha que estar num relacionamento é viver em função do outro.
E ai entra a parte do meu aprendizado na prática.
Hoje, digo da forma mais natural possível, que meu namorado é meu tudo, de fato. Ele não é só meu namorado. É meu amigo, antes de tudo. Meu companheiro. Meu bro, parceiro de zuerages. A gente namora, se diverte, trolla os outros. Ri, eu choro (porque sou chorona demais), brinca até de lutinha, joga video game....
E por isso nos damos bem. Conversamos muito, sempre. Desde coisas banais, como a besteira que um conhecido fez, até a origem da vida.
Ele me sacaneia muito, vive enrolando toalha pra bater em mim, fazendo cócegas quando to meio pra baixo, porque ele não gosta de ninguém desanimado mentira, é porque ele gosta de me irritar, vive me assustando...
E acreditem ou não, todo relacionamento bom e longo tem isso.
Todos os casais que conheço, que estão juntos há muito tempo, são assim.

Recentemente eu li a seguinte frase "não jogo mais game, comecei a namorar". Também já li "não faço mais tal coisa, não tenho tempo, tenho namorado".
Minha reação é sempre a mesma. Como raios não faz mais algo que gosta por causa de um relacionamento?
É sério isso?
Gente, de onde vocês tiraram que estar com alguém é se anular?
De onde vocês tiraram que estar com alguém é controlar cada passo que essa pessoa dá?
Cadê aquele sentimento de bros, de apoio incondicional?
Amar alguém é apoiar essa pessoa, é rir com ela, chorar com ela, mas também deixá-la tomar seus tombos sozinha, mas estar lá no final pra ajudá-la a se erguer.
É antes de ser namorado(a)/marido/mulher, ser amigo.
Ser confidente.

Entenderam aonde quero chegar?
Eu tenho visto muitos relacionamentos dando errado justamente porque falta esse companheirismo.
E sim, esse post é uma indireta pra muita gente que conheço. Alguns dos quais sei até que não vão ler, mas ainda assim escrevo, porque sei que tem gente que vai ler, e passar a mensagem adiante.
Ame seu parceiro, se ame, seja amigo dele e seu.
Conversem mais, e não me venham com desculpinhas não, tem que conversar.
Sejam mais imparciais, analisem seus problemas. E nada de reclamar das falhas do outro, olhe pras suas primeiro. Evoluam como pessoas, juntos.
Brinquem mais, riam mais, façam mais coisas juntos, e por coisas não falo só ficar se beijando e etc. Deem voltas no parque, deitem no chão, olhem pras nuvens e imaginem formas pra elas.
Joguem video game, uma partida de baralho, ou o que for que lhes agrade mais.
Se a amizade não morrer, o amor não morre. Nunca.
Confie no seu parceiro. É sério, confie mesmo nele. E em você mesmo. Respeite seu parceiro, entenda os limites dele. Respeite à si mesmo, e entenda os seus limites.
Se tem algo errado entre vocês dois, são vocês que vão resolver. Reclamar para a vizinha ou para a mãe da pessoa não vai adiantar de nada, acreditem em mim.

E não larguem seus hobbies e paixões de lado porque o outro não gosta. Porque a menos que seu hobby seja crime, ou faça mal à terceiros, não existe motivo plausível para você "mudar" pelo outro. Relacionamento é doação sim, mas das duas partes. Fazer seu namorado parar de jogar video game porque você não gosta, é o mesmo que ele fazer você parar de comprar roupas/sapatos porque ele não gosta.
E sim, usei estereótipo porque eu sei que tem muita mulher que proíbe isso, mas em contra partida não sei o que eles proíbem, tive que usar esse exemplo ridiculo.

E o mais importante: entenda que as pessoas precisam de espaço.
Se seu namorado quer um tempo pra ele, não é porque ele não te ama, é porque ele realmente quer um tempo pra ele. Homens gostam de fazer algumas coisas sozinhos às vezes, e não, não tem duplo sentido nisso.
Homens por natureza são mais individualistas, em sua maioria, então gostam de ver tv, por exemplo, sozinhos.
Não é porque vocês se amam que tem que colar um corpo no outro, okay?
E novamente, citei dessa forma porque é o mais comum, mas se for o contrário no seu relacionamento, a regra vale da mesma forma.
Se amem, mas de forma saudável <3

E se você pensa de forma diferente ou concorda com meu ponto de vista, conta pra gente o que pensa :)
Ai aproveita e curte lá a pagina do facebook :D
Beijos, e até a próxima o/

Ps.: Agradeço e muito ao Guaraci por ter me ensinado essa lição valiosa, que sempre vou lembrar, e ao meu homi, por ter me mostrado na prática <3
Cês moram lá no fundinho do meu coração <3

Você também vai gostar de:

0 comentários