Postagens Recentes

O mundo Cosplayer, por Izabela Ferreira

By 16:08 , , , , , , , , ,



Que atire a primeira pedra a blogueira que nunca ficou sem tempo de escrever!
Gente vocês não imaginam a correria/caos/bagunça que estão os meus dias, arrumar tempo para dormir, comer ou escrever tem sido tarefa difícil e por conta disso tenho ficado bem off por aqui ultimamente, busco aproveitar o pouco tempo que tenho para tentar organizar a vida, as coisas do aniversário do Gui, a casa e tudo o mais que preciso.
Hoje o post é bem especial para vocês, é o super relato da Izabela Ferreira que faz Cosplay (acho lindo mas não entendo bulhufas) e também trabalha com personagens vivos, dá só uma olhadinha no trabalho perfeito que ela faz:



"Primeiramente, agradecendo já as meninas pelo convite a falar sobre a arte cosplay, todo espaço concedido é bem vindo para esclarecer quaisquer duvidas e até mesmo, aguçar a curiosidade sobre o hobby, certo?
Mas vamos do começo, meu nome é Izabela, mas ao entrar nesse vasto mundo de "nerdisses" e cosplay, optei por um apelido, Yu, um apelido que carrego a muito tempo e que ainda hoje é tão usado quanto meu verdadeiro nome.
Faz um pouco mais de 4 anos que o hobby entrou em minha vida da maneira mais inesperada possível, mas embora parecer muito, há pessoas que estão envolvidas com o hobby a muito mais tempo que eu.
Mas, mesmo inesperado, o hobby mudou minha vida, me mudou como pessoa.
Pode parecer exagero vindo assim, mas é verdade, o cosplay é a melhor pratica pra se trabalhar auto estima, relacionamentos e até mesmo moldar personalidades e conhecer o mundo e as coisas de formas totalmente diferentes, pois há coisas que atualmente eu não saberia se não fosse pelo cosplay.
Para quem ainda não sabe do que me refiro, cosplay é a junção das palavras "Costume-Play", ou seja, brincar de se fantasiar.
Embora muitos acreditem ser algo que surgiu no Japão graças a popularidade dos cosplays japoneses, a pratica do hobby na verdade surgiu no ano de 1939 onde um casal usou pela primeira vez fantasias em eventos do ficção científica, A seguir disso, a pratica passou a ser mais comum com o passar dos anos, aumentando também assim o número de adeptos ao hobby.
Apenas por volta dos anos 80 a pratica chegou ao Japão graças a um japonês que visitou o evento nos EUA e trouxe a pratica para o Japão. Após a alta dos desenhos japoneses, nos anos 90 o cosplay japonês se tornou popular no mundo todo.
 Atualmente a pratica do hobby não se limita apenas a personagens de ficção científica ou animes, mas também a jogos, livros, hqs ou até mesmo personagens originais ou figuras populares.
Mas aí você pode estar pensando "Mas isso é apenas se fantasiar como no carnaval ou Halloween, certo?"
Nem tanto. Cosplay é sim a pratica de se fantasiar, mas diferente de fantasias comuns, no cosplay a coisa é levada bem mais a serio.
A fidelidade na fantasia é o ponto chave pro hobby, onde se busca sempre deixar o mais próximo possível do personagem, desde o melhor tecido, melhor peruca, lentes coloridas e maquiagem as vezes bem extravagante pra se conseguir chegar no resultado esperado.
 E não acaba por aí
No cosplay há também competições valendo avaliações de fantasia, interpretação através de apresentações individuais, duplas ou até mesmo grupos, para assim eleger o melhor.
Atualmente há inúmeras competições pelo pais e o mundo
dentre elas a mais importante é o WCS, algo como uma "copa do mundo" do cosplay, onde em território nacional é escolhida a melhor dupla que ao fim, será enviada para o Japão e representará o pais enfrentando duplas de vários outros países do mundo.
O Brasil até o momento é o pais que mais ganhou, com seu posto de tricampeão mundial de cosplay.
 Embora muito popular, não são todos os cosplayers que optam pelo meio das competições, as praticas mais comuns atualmente no cosplay são os famosos "cosplay photoshoots" que são ensaios fotográficos voltados pra interpretação e ambientação de personagens em fotografias, onde há vários fotógrafos já experientes em trabalhar com esse tipo de fotografia buscando tornar real o personagem através da fotografia cosplay.
Há também os cosplayers que fazem CMVs (Cosplay Music Video) onde a interpretação de personagens é passada através de vídeos.
 Graças a toda popularização do cosplay, o mercado a cada dia se torna mais fervoroso trazendo cada vez mais uma variedade grande de perucas, lentes, sapatos, maquiagens e figurinos cada vez mais trabalhados pra todos os bolsos, gostos e tamanhos.
Com isso, a pratica do hobby se tornou cada vez mais acessível a muitas pessoas, diferente de alguns anos atrás onde era difícil conseguir apenas uma simples peruca de kanekalon.
 Com a popularidade do cosplay no país surgiram também oportunidades de se ganhar dinheiro com o hobby, coisa que é de extremo interesse por praticantes, já que o hobby é bem caro.
Trabalhos que vão desde cosmakers (profissionais que fabricam fantasias e acessórios), venda de fotos, a pessoas que trabalham com personagens vivos (como é o meu caso).
 No caso de personagens vivos, a interpretação é um ponto chave para o trabalho, pois a caracterização ali não é suficiente e além de claro, você estará ali representando um personagem não apenas por 2 minutos ou em algumas fotos, mas por algumas horas para divertir crianças por um dia.
Posso dizer com toda certeza que esse é um trabalho maravilhoso, não apenas por ser algo divertido pra crianças mas é sim algo que faz bem pra nós mesmos. Esse convívio com os pequenos, os olhos brilhando de emoção por estarem vendo o personagem que amam ali bem na sua frente pra passar algumas horinhas mágicas juntos, não tem preço.
Já para o caso de fotografias, que é uma pratica bastante popular atualmente, são quando cosplayers vendem prints (fotos impressas em diversos tamanhos) e autografadas (sim, nesse "mundo cosplays" há também suas celebridades, muito admiradas e cheias de fãs) onde os preços variam conforme a escolha de cosplayers.
Ou seja, a diversas opções pra quem quer ganhar uma grana extra ou tornar o hobby um trabalho serio e fonte de renda.
 Por fim, o mundo cosplay é vasto, cheio de pessoas criativas em busca de se divertir e até se tornando um trabalho sério.
Lembrando que nesse mundo sempre tem lugar pra mais um então, por que não dar o primeiro passo e sair da rotina pra se divertir sendo aquele personagem que você tanto admira ou gosta, apenas por um dia? Aposto que você não vai se arrepender e será uma experiência pra levar pra vida toda."

 Dá só uma olhada na cara do primeiro casal que fez cosplay 'o' :



A Izabela ainda deixou esses links ótimos para quem quiser conhecer mais do trabalho dela e desse mundo incrível.
WCS 2011

Milena Personagens Vivos


 Gente, quero agradecer à Izabela por ter topado escrever para a gente e dedicar esse post à Natasha que é doida por animes, todo o tempo em que li o texto pensei em vc Nathy <3
Beijos e até amanhã pessoal.

Você também vai gostar de:

0 comentários