Postagens Recentes

[RECEITA]Aquarela caseira atóxica - para os pequenos artistas!

By 10:50 , , ,

Bom dia pra quem estava dormindo enquanto o Leo ganhava o primeiro Oscar de sua vida! :D
Sim, eu precisava começar o post assim, estou estarrecida com isso até agora (risos)

Mas voltando ao assunto original...
Eu não sei vocês, mas quando criança eu era fascinada por aquarela.
Não que eu tenha sido uma boa artista, porque sempre fui uma negação nesse quesito, mas sempre achei incrível como uma pedrinha colorida poderia ser tinta. Quando criança eu ganhei um boneco da Turma da Mônica, uma edição especial de pintores famosos, que vinha com uma paleta de aquarela, e pra uma criança acostumada ao guache, aquilo era muita tecnologia.
O maior problema da aquarela, além do risco que minha mãe corria de encontrar as paredes coloridas, era de suas filhas curiosas colocarem na boca. Apesar de não sermos mais tão novinhas assim, aquela aquarela tinha um cheiro muito bom, e, bom, nós não batíamos bem da cabeça.

Infelizmente, na época, o máximo que minha mãe conhecia de receita caseira era massinha de modelar, então quase sempre o uso da aquarela era supervisionado.

Recentemente, enquanto passeava pela internet nossa de cada dia, encontrei uma receita bem simples de tinta aquarela, usando apenas coisas comestíveis. Apesar de não ter testado ainda, achei interessante e resolvi trazer pra vocês, porque não há nada melhor que incentivar o espírito criativo de uma criança (e de um adulto também :P)

Sendo assim, vamos à receita!

Ingredientes:
- 4 colheres (sopa) de bicarbonato de sódio
- 2 colheres (sopa) de vinagre branco
- 1/2 colher (chá) de glucose de milho (Aquele "mel" Karo que vende no mercado)
- 2 colheres (sopa) de amido de milho (ou Maisena, como você preferir chamar)
- Corante alimentício na cor de sua escolha
- Embalagem para preparar as tintas (pode ser essas embalagens de fazer bombom, ou fôrma de gelo plástica, ou até mesmo potinhos individuais)
- Palitinhos para misturar o corante
- Pote alto para fazer a mistura

Modo de preparo
Antes de tudo, tenha certeza de fazer a mistura em um local que você possa sujar, como uma bancada, ou a pia da cozinha. Como existe o risco de respingar tinta, é melhor prevenir do que remediar.
Misture dentro de um pote o bicarbonato e o vinagre. A mistura vai começar a borbulhar, não se assuste. Mexa bem até parar o efeito efervescente.

Adicione a glucose de milho, e o amido, mexendo bem até o amido dissolver completamente. Se preferir, adicione ele aos poucos para não empelotar.
Despeje um pouco da mistura na embalagem que vai abrigar a tinta, mas lembre-se de não encher até o topo, pois ainda falta o corante.
Feito isso, pingue um pouco do corante nas divisões, e vá mexendo com o palitinho até ficar uma cor bem homogênea. Se quiser que fique mais escura/forte a tinta, coloque mais corante, se quiser mais fraca, coloque menos. Caso não encontre corante em todas as cores que quer, você pode misturar os tons, mas faça isso em um local separado, depois despeje nos compartimentos.
Para secar, deixe a embalagem em local seco e arejado. O tempo de secagem pode variar dependendo da temperatura ambiente, mas em uns dois dias, no máximo, deve estar seco.
E voilà, está feita sua aquarela caseira, que não fará mal ao seu filho se ele porventura tentar experimentar :)





As fotos do preparo foram retiradas do WikiHow, mas assim que eu testar a receita, farei questão de substituir :)

Se você gostou desse post, compartilhe nas redes sociais, e comente aqui embaixo.
E se você conhece algum outro método para fazer aquarela caseira, ou alguma outra coisa do tipo, conta pra gente!
Caso tenha alguma receita que você queira que a gente teste, manda também! :D

Por hoje é só, beijos, e até à próxima o//

Você também vai gostar de:

0 comentários